Solidão, sobrecarga, auto abandono… cadê a força da identidade?


Olá.

Veja isto:

“Sou uma mulher de 30 anos, casada há 5 anos e trabalho há 10 anos. Filha de uma família disfuncional na qual minha mãe teve que se sacrificar muito para criar a mim e a meus 5 irmãos.

Meu pai vivia doente e minha mãe exausta. Sempre me senti inferiorizada em relação às pessoas, tanto pela minha aparência, por ser gorda, quanto por ser “burro de carga” no trabalho.

Sinto que por mais que eu faça não sou reconhecida e acho que as pessoas sempre me usam para subir de cargo enquanto eu me desgasto pelo sucesso dos outros em detrimento do meu.

Há uma sensação de insatisfação constante, de falta de reconhecimento e de solidão”.

Pois bem, esta pessoa, infelizmente, não está fortalecida em sua identidade.

Sua aparência é um problema, seu potencial está direcionado para o meio externo em detrimento de si mesma e o autoabandono parece uma característica forte.

Você acha que sua identidade está fortalecida ou tem se sentido insatisfeito em suas relações e evitado se olhar como deveria?

Você se identifica com essa história?

Simone Martins e
Virgínia Guerra

(34) 99971-8942
(34) 98876-3338

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *